Suas informações competitivas.

Tenho uma grande amiga que trabalha em uma empresa multinacional e que tinha na assinatura dos seus e-mails a seguinte inscrição: “Fulana de Tal” – Informações Competitivas. A princípio, a assinatura causou-me estranhamento, porque eu ainda não tinha visto algo do tipo, mas depois vi que era muito lógico de ser. Empresas trabalham competindo e o que se diz popularmente é que o segredo é a alma do negócio, portanto o grau de competitividade das suas informações está diretamente ligado ao onde, como, quando e para quem divulgá-las e onde, como, quando e para quem transformá-las em algo concreto.

Com as porteiras abertas para a passagem da informação depois do surgimento da internet, tudo tornou-se muito disponível de ser acessado e passamos a concentrar bastante tempo aprendendo passivamente. No entanto, acredito ser interessante e importante o entendimento do que de fato estamos fazendo, visto que temos três palavras muito recorrentes mas que ainda carecem de um olhar mais específico, para não comprometermos a outra face do aprendizado – o ativo. As palavras são: informação, conhecimento e trabalho.

Independentemente da definição que podemos obter nos dicionários para cada uma delas, refletindo um pouco, o que entendo é o seguinte:

  • Informação é conhecimento em potencial.
  • Conhecimento é trabalho realizado.

Trocando em graúdos, tudo aquilo que colhemos de todas as fontes possíveis é material latente para ser transformado em algo útil. A informação espera o trabalho de elaboração para se transformar, tal como a terra espera o lavrador para transformá-la e torná-la produtiva. Algumas pessoas têm muita informação, mas pouco conhecimento. Outras, extraem quantidades incríveis de conhecimento da pouca informação que têm. Ou seja, é o AGENTE que define o aproveitamento da informação, gerando um trabalho profícuo ou não, trazendo aí o lado ativo do aprendizado.

Com a corrida pela sobrevivência em um mercado devorador e com tendências cada vez mais fortes ao turnover (rotatividade), recém-formados lançam mão de todas as suas possibilidades, e de seus pais, para ingressarem em cursos de pós-gradução e mestrado no afã de garantirem um posto de trabalho com um currículo mais encorpado, o que é compreensível. Porém, o que se vê comumente são candidatos a vagas de emprego, com graduações e especializações variadas, ocupando posições aquém do que desejam e do que podem, gerando aí uma capacidade ociosa em seu próprio desempenho. Ou seja, informação interna que não vira conhecimento por não ser trabalhada.

Sabendo, claro, que o mercado é muitas vezes cruel com o candidato à uma vaga de emprego, em função das demandas características do momento e localidade, exigindo sempre algo mais, não basta a ele apenas adquirir mais informação para garantir cargos e funções de destaque, há também que se especializar em transformar ao máximo o que já possui. Do contrário, estará descartando prematuramente bons valores competitivos pessoais que podem vir a ser verdadeiros diferenciais. É, sobretudo, saber mostrar e executar o que sabe com o pouco que tem. Jogar muita semente no solo não garante safra abundante. Arar, semear, regar, observar e proteger ainda é o que dita a cartilha do bom lavrador.

Não deixe de acessar o post “Mulher de rabo-de-cavalo” para concorrer a 01 livro tempo.com – A comunicação esquecida em tempos de Internet.

Siga no Twitter!

Sobre João Viégas

Consultor e professor de Pós-graduação e MBA em Marketing e Comunicação, autor e editor do livro 'tempo.com - A comunicação esquecida em tempos de Internet', articulista da revista Moda Brasil Magazine, palestrante em comunicação e professor de Língua Inglesa.
Esse post foi publicado em Mercado, Sociedade e marcado , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Suas informações competitivas.

  1. Lívia Viégas disse:

    Adorei o texto! Concordo plenamente quando você diz que muita semente no solo não garante a competência. Vejo isto diariamente e reitero que o dia a dia de uma profissão pede muito mais do que um extenso currículo de especializações.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s